Bandeira Mastercard anuncia cartão com limite em criptomoedas

Na última quarta-feira, dia 13 de abril de 2022, a gigante do mercado financeiro Mastercard anunciou uma grande novidade: a entrada de cabeça no mercado de criptomoedas.



Para isso, a empresa se junta a Nexo, especialista no mercado de cripto. Assim, o nome dado para a parceria é Nexo Card, cartão de crédito com limite em criptomoedas e permissão de pagamento por ativos digitais.


Não é uma grande surpresa, já que a Mastercard já vinha a algum tempo estudando possibilidades para conseguir entrar nesse mercado. Na verdade, há quem diga que até demorou para uma empresa de crédito olhar para os ativos.


De acordo com ambas as empresas, esse é o primeiro cartão de crédito ligado a criptomoedas no planeta. Quem deu a notícia foi Raj Dhamodharan.


Dhamodharan é o chefe de produtos da Mastercard, que lida diretamente com ativos e blockchain. “A Mastercard reconhece que os ativos digitais estão revolucionando o cenário financeiro”, disse.


Já por parte da Nexo, o que se sabe é sobre as taxas e pagamentos para uso do cartão de crédito. “O cartão não exige pagamentos mínimos, mensalidades ou taxas de inatividade”, informou.


Como funciona


O cartão de crédito Nexo Card vai funcionar sem limite definido como normalmente vemos por aí para qualquer cartão. Nesse caso, a linha de crédito usada é da própria Nexo.


Quando a ser aceito nos locais, a Mastercard informou que pelo menos 92 milhões de lugares pelo mundo aceitariam o cartão normalmente. Com isso, você poderia pagar usando bitcoins e teriam esse ativo como a garantia para a empresa de concessão de crédito.


Com a ausência de taxas, a Nexo abre muito bem o mercado para teste e uso d cartão, já que também não vai ocorrer cobranças de taxas de câmbio. Entretanto, segundo a própria empresa, essa ausência de cobrança vai se restringir a 20 mil euros por mês.


Nesse momento, o cartão só está disponível na Europa, e por lá o funcionamento é bem claro: o limite do cartão é igual ao valor em cripto que você possuir na Nexo. Ou seja, uma relação direta sem depender de vendas de criptomoedas.


Até o momento, nenhuma das empresas falou sobre restrição de gastos ou saques para os clientes, discussão que chega aos poucos.


Onde a Mastercard pode chegar?


Essa invasão no mercado de criptomoedas por parte da mastercard é pra valer, já que a empresa está com todas as forças para se tornar pioneira no assunto.


No último dia 4, a empresa registrou pelo menos 15 marcas que continham alguma relação com criptomoedas ou com o próprio metaverso. Dessa forma, o registro foi feito diretamente no Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos.


Ao que tudo indica, a Mastercad quer ser a primeira companhia a ter um plano de ação totalmente voltado para o assunto. Para isso, o que se espera nos próximos meses é a criação de cartões virtuais que possam ser usados com criptomoedas.


Além disso, a empresa quer criar cartões que seriam usados dentro do metaverso, levando o conceito de cartão virtual para outro patamar. Já no lado das NFTs, a empresa busca lançar um aplicativo para criação das mesmas.


Por último, a Mastercad ainda pensa em criar um marketplace apenas para venda de NFTs, se estabelecendo por completo no mercado de ativos. Dessa forma, ao que tudo indica, a empresa não deve parar tão cedo sua investida.


Esse tipo de ação acaba instigando outras empresas a tomarem a mesma decisão, e o que se espera para o futuro é um aumento de inovações no meio.



Adquira suas criptomoedas e mantenha elas salvas no Trezor, pois é a carteira de criptomoedas offline mais confiável do mercado. A Brazil Electronics tem estoque com entrega imediata no Brasil, não confie nas Exchange online.

...